Desarmamento das Farc na Colômbia começa em 1º de março

Bogotá, 21 Fev 2017 (AFP) - A guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) começa neste 1º de março a entregar suas armas - informou o governo nesta terça-feira (21), referindo-se a uma das etapas do acordo de paz assinado em novembro passado para pôr fim a 52 anos de conflito no país.

"A entrega de armamento físico será iniciada a partir de 1º de março, com 30%; em 1º de maio, outros 30%; e, em 1º de junho, 40%. E assim serão entregues todas as armas", informou em coletiva de imprensa o general Javier Flórez, chefe do Comando Estratégico em Transição das forças militares, encarregado dos temas do pós-conflito.

O general Flórez esclareceu que falta definir onde será o ponto de coleta desse material de guerra.

Nas negociações com as Farc em Havana, Flórez liderou a subcomissão técnica sobre o cessar-fogo e a deposição das armas, na qualidade de representante do governo.

Nesta terça-feira (21), delegados do governo, representantes das Farc e da ONU devem analisar esse e outros temas logísticos surgidos pela aplicação do acordo de paz. Segundo o texto firmado entre as partes, os rebeldes devem deixar as armas progressivamente ao longo de 180 dias contados a partir de 1º de dezembro passado.

No fim de semana, os membros das Farc se concentraram nos 26 pontos do país, onde entregarão suas armas, progressivamente, sob a supervisão da ONU, preparando-se para o retorno à vida civil.

Segundo um comunicado do gabinete do alto comissariado da paz, o total de combatentes armados concentrados supera 6.934.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos