Trabalhistas ganham eleição parcial contra partido britânico contra migrantes

Londres, 24 Fev 2017 (AFP) - Os trabalhistas derrotaram, nesta sexta-feira (24) o partido anti-imigração Ukip na eleição de um deputado em Stoke, circunscrição do norte operário da Inglaterra.

A região é considerada a "capital do Brexit".

O trabalhista Gareth Snell ganhou a eleição por 7.853 votos contra 5.233 para Paul Nuttall, líder do Partido pela Independência do Reino Unido, (Ukip, na sigla em inglês).

A circunscrição de Stoke-on-Trent Central sempre elegeu um deputado trabalhista desde sua criação em 1950, e nas últimas eleições, em maio de 2015, o primeiro partido da oposição venceu com uma confortável margem de 5.000 votos dos cerca de 60.000 em disputa.

O forte apoio ao Brexit (69,4%) na consulta de 23 de junho - o maior nas 30 maiores cidades do país - fez os trabalhistas temerem uma derrota para o Ukip, antieuropeu, anti-imigração e nacionalista.

Mas os trabalhistas de Jeremy Corbyn sofreram uma dura derrota para os conservadores em outra eleição parcial celebrada na circunscrição rural de Copeland, noroeste da Inglaterra, sem o peso político da disputa no antigo cinturão industrial, mas com potenciais consequências desastrosas para um líder cada vez mais questionado.

O conservador Trudy Harrison chamou de "evento verdadeiramente histórico" sua vitória por 13.748 votos contra 11.601 para o trabalhista Gillian Troughton, cujo partido vencia sistematicamente a eleição em Copeland desde 1982.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos