Mais de 50 detidos em operação policial contra ONG em Belarus

Minsk, Bielorrússia, 25 Mar 2017 (AFP) - As autoridades de Belarus realizaram neste sábado uma operação nos escritórios de uma organização de defesa dos direitos humanos, com a detenção de de mais de 50 pessoas, incluindo observadores internacionais, pouco antes de um protesto da oposição, denunciou a ONG.

A organização Viasna informou que a polícia bloqueou os acessos a seus escritórios em Minsk e realizou a operação pouco depois da detenção de uma das principais personalidades da oposição da ex-república soviética, Vladimir Nekliayev.

De acordo com a ONG, 57 pessoas foram detidas, incluindo observadores internacionais".

A operação aconteceu horas antes da manifestação no centro de Minsk e em outras cidades contra o governo autoritário do presidente Alexander Lukashenko.

O acesso à praça onde deveria acontecer o protesto foi bloqueado pelas forças de segurança e várias pessoas foram detidas.

Neklyayev deveria discursar no protesto de Minsk. De acordo com sua esposa, Olga, ele foi detido na fronteira quando retornava da Polônia.

O líder opositor está detido em Brest, sudoeste do país.

As autoridades de Minsk declararam ilegal a manifestação deste sábado.

tk-ma/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos