Rússia espera que EUA não atuem de maneira unilateral sobre a Coreia do Norte

Em Moscou

  • Vasily Maximov/ AFP

    O ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, durante entrevista à imprensa em Moscou

    O ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, durante entrevista à imprensa em Moscou

A Rússia espera que os Estados Unidos não atuem de maneira unilateral para resolver o problema dos programas balístico e nuclear norte-coreanos, afirmou nesta segunda-feira (17) o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov.

"Espero que não ocorram ações unilaterais como as que vimos recentemente na Síria", disse Lavrov em uma entrevista coletiva à imprensa em Moscou com seu colega senegalês Mankeur Ndiaye, referindo-se ao recente bombardeio americano contra uma base do exército sírio.

"Não aceitamos as aventuras nucleares e balísticas de Pyongyang em violação das resoluções da ONU, mas isso não quer dizer que seja possível violar o direito internacional usando a força" contra a Coreia do Norte.

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, recomendou nesta segunda-feira que a Coreia do Norte não coloque à prova a determinação do presidente americano Donald Trump diante dos programas balísticos e nucleares de Pyongyang, e advertiu que "todas as opções estão sobre a mesa".

Lavrov respondeu: "Se esta fórmula deve ser interpretada como uma ameaça para utilizar a força de maneira unilateral (...) então é um caminho perigoso".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos