Filha de ex-confidente da ex-presidente sul-coreana volta a seu país

Seul, 30 Mai 2017 (AFP) - A filha de Choi Soon-Sil, no centro de um escândalo de corrupção que levou à queda da ex-presidente da Coreia do Sul Park Geun-hye, deve chegar na quarta-feira ao país após a sua extradição da Dinamarca.

Chung Yoo-Ra é a única filha de Choi Soon-Sil, ex-confidente de Park, e que também foi atingida pelo escândalo por obter vantagens ilícitas para entrar em uma universidade de prestígio.

Sua mãe, apelidada de "Rasputina" pela imprensa sul-coreana, é suspeita de ter se aproveitado de sua proximidade com a chefe de Estado para extorquir quase 70 milhões de dólares de conglomerados de empresas sul-coreanas.

Chung Yoo-Ra pode ser julgada por cumplicidade, uma vez que os investigadores apontam que esse dinheiro financiou seu luxuoso estilo de vida.

Suspeita-se que a Samsung Electronics repassou milhões de dólares para financiar a formação equestre de Chung na Europa.

Quando Chung Yoo-Ra foi presa na Dinamarca em janeiro, depois de seu visto expirar, Seul solicitou sua extradição, aprovada em março por um tribunal de Aalborg.

Park e Choi estão sendo julgadas em Seul.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos