ONU envia alto diplomata ao Kuwait para tratar da crise do Golfo

Nações Unidas, Estados Unidos, 5 Jul 2017 (AFP) - O subsecretário da ONU para assuntos políticos, Jeffrey Feltman, está no Kuwait para participar das negociações para pôr fim à crise do Golfo entre o Catar e seus vizinhos, informou nesta quarta-feira um porta-voz das Nações Unidas.

Os aliados da Arábia Saudita asseguraram que vão manter seu boicote ao Catar e criticaram a negativa do país à sua lista de demandas para dar fim à crise.

A Arábia Saudita e seus aliados Emirados Árabes Unidos, Egito e Bahrein fizeram uma reunião nesta quarta-feira no Cairo, exatamente um mês após romperem relações diplomáticas com o Catar, acusado de apoiar o extremismo.

A lista com 13 exigência inclui que Doha suspenda seu apoio à Irmandade Muçulmana, feche a cadeia de televisão Al Jazeera, reduza suas relações diplomáticas com o Irã e feche uma base militar turca em seu território.

Feltman "está lá para discutir com vários interlocutores sobre a crise na região e outros conflitos", disse o porta-voz da ONU, Stephane Dujarric.

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, mandou Feltman ao Golfo pouco após sua reunião, na semana passada, com o chanceler do Catar, o xeque Mohamed bin Abdulrahman Al Thani.

Feltman chegou ao Kuwait pelos Emirados Árabes e vai a Doha ainda nessa semana.

A ONU apoiou os esforços do Kuwait de mediação para tentar dar fim à crise.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos