Putin denuncia aumento de 'histeria antirrussa' em Washington

Savonlinna, Finlândia, 27 Jul 2017 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, considerou nesta quinta-feira (27) que a investigação em curso nos Estados Unidos sobre a suposta interferência de Moscou nas eleições testemunha o "aumento da histeria antirrussa", dois dias após a votação de novas sanções contra a Rússia no Congresso americano.

"Estamos vendo um aumento da histeria antirrussa", declarou Putin durante uma coletiva de imprensa em Savonlinna, na Finlândia, ao lado do presidente finlandês Sauli Niinisto.

"É muito triste que as relações russo-americanas sejam sacrificadas" por razões de política interna, acrescentou.

bur-mp/gmo/bds/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos