PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Em reunião na Casa Branca, secretário do governo agradece a Deus por Trump

20/12/2017 22h56

Washington, 21 dez 2017 (AFP) - Um integrante do governo americano agradeceu a Deus nesta quarta-feira por dar aos Estados Unidos um presidente como Donald Trump e seu plano de redução de impostos.

A oração foi recitada por Ben Carson, um membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia e secretário de Moradia e Desenvolvimento Urbano, depois que um Trump exultante mencionou vários temas ao iniciar uma reunião do gabinete.

Trump antecipava a vitória de seu vasto plano de redução de impostos enquanto o Congresso se preparava para votar a aprovação final do texto.

O presidente, que tem forte apoio entre os cristãos evangélicos, pediu a Carson que pronunciasse a "oração de graças" que costuma fazer antes das refeições. Trump acrescentou que os jornalistas poderiam ficar.

"Podem ficar, se quiserem, porque vocês precisam de oração mais do que eu, acredito", disse Trump, que frequentemente critica os meios de comunicação que o questionam com suas "notícias falsas".

Depois, Carson disse: "Amável pai no céu, estamos muito gratos pelas oportunidades e pela liberdade que outorgou a este país. Agradecemos pelo presidente e pelos membros do gabinete que são valentes, que estão dispostos a enfrentar os ventos da controvérsia a fim de talvez proporcionar um melhor futuro aqueles que nos apoiam".

"Estamos gratos pela unidade no Congresso que apresentou uma oportunidade para que nossa economia se expanda para que possamos lutar contra a dívida corrosiva que está destruindo nosso futuro".

Após a oração de Carson, o vice-presidente Mike Pence disse estar "profundamente honrado" por ser parte do governo.

Internacional