Exército dos EUA permanecerá na Síria para lutar contra EI, Irã e Assad

Washington, 17 Jan 2018 (AFP) - O Exército americano permanecerá na Síria até que o grupo extremista Estado Islâmico (EI) seja completamente derrotado, mas também para se contrapor à influência iraniana e, em última instância, ajudar na saída do presidente Bashar al-Assad, disse nesta quarta-feira (17) o secretário de Estado, Rex Tillerson.

"É fundamental para nosso interesse nacional manter uma presença militar e diplomática na Síria", disse o secretário de Estado americano em Stanford, na Califórnia, durante um discurso sobre a estratégia de Washington para acabar com o conflito.

A missão militar continuará tendo como principal objetivo "que o EI não ressurja", disse. "O EI está atualmente com um pé na cova, e com a presença militar americana na Síria logo terá os dois", ilustrou.

Pediu para que não "cometam o mesmo erro que em 2011", quando "uma partida prematura do Iraque permitiu que a Al-Qaeda sobrevivesse" nesse país, antes de mudar para dar vida ao EI.

Segundo Tillerson, "uma saída americana" proporcionaria ao Irã, inimigo da administração de Donald Trump, "uma oportunidade de ouro para fortalecer ainda mais suas posições na Síria", onde Teerã já está presente apoiando o governo de Assad.

"Devemos nos assegurar de que a resolução deste conflito não permita ao Irã se aproximar de seu grande objetivo: o controle da região", disse.

O secretário de Estado também estabeleceu, pela primeira vez, um vínculo entre a presença americana na Síria e a necessidade de alcançar a partida de Assad.

"Uma retirada total da equipe americana nesta etapa ajudaria Assad a continuar com a sua brutalidade para com seu próprio povo", disse. Mas "uma Síria estável, unida e independente requer uma liderança pós-Assad para ter sucesso", insistiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos