PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Algumas estudandes desaparecidas na Nigéria resgatadas após ataque do Boko Haram

22/02/2018 06h09

Damaturu, Nigéria, 22 Fev 2018 (AFP) - Algumas estudantes desaparecidas esta semana na região nordeste da Nigéria após um ataque do grupo extremista Boko Haram contra sua escola foram resgatadas, anunciou nesta quinta-feira uma fonte oficial local.

"Algumas" das 111 jovens desaparecidas em um colégio para meninas da cidade de Dapchi foram encontradas pelas forças nigerianas e levadas para um local seguro, afirmou Abdullahi Bego, porta-voz do governador do estado de Yobe.

O porta-voz não revelou um número exato de estudantes libertadas ou as circunstâncias em que elas conseguiram a liberdade.

De acordo com moradores ouvidos pela AFP, milicianos do grupo extremista nigeriano, fortemente armados, atacaram na segunda-feira a cidade de Dapchi. Eles atiraram para o alto e detonaram granadas.

Muitas estudantes e professoras fugiram pelo medo de sequestro, como o que aconteceu com as alunas de Chibok, no estado vizinho Borno, há quatro anos.

Um ministro do estado de Yobe afirmou que "815 estudantes" retornaram e que faltavam outras 111.

O grupo Boko Haram realiza desde 2009 uma insurreição violenta no nordeste da Nigéria, que deixou mais de 20.000 mortos e 2,6 milhões de deslocados.

Seus milicianos sequestraram milhares de pessoas, incluindo mulheres e crianças. O sequestro de 276 estudantes em 2014 provocou uma onda de indignação mundial.

abu-phz/phv/ra/fp

Internacional