PUBLICIDADE
Topo

Internacional

BCE afirma não ter capacidade de investigação sobre lavagem de dinheiro

22/02/2018 12h56

Frankfurt am Main, 22 Fev 2018 (AFP) - O órgão de supervisão bancário da zona do euro, dependente do Banco Central Europeu (BCE), afirmou, nesta quinta-feira (22) que "não tem capacidade de investigação" de lavagem de dinheiro, nove dias depois de acusações americanas contra um banco letão, sob vigilância.

"As violações em matéria de lavagem de dinheiro podem ser sintomáticas de deficiências mais profundas do funcionamento de um banco, mas o BCE não dispõe de capacidade de investigação para detectar essas deficiências", declarou Danièle Nouy, presidente do órgão supervisor único (MUS), dentro do BCE, em nota.

"É o trabalho das autoridades nacionais de luta contra a lavagem de dinheiro", acrescentou a francesa.

O comunicado do MUS não cita diretamente as recentes acusações de lavagem contra o terceiro maior banco da Letônia, o ABLV.

Recentemente, a imprensa frisou os limites do BCE em matéria de supervisão dos grandes bancos, uma função que lhe diz respeito desde o fim de 2014.

Internacional