Coreia do Norte chama Guterres de 'sequaz'

Nações Unidas, Estados Unidos, 23 Fev 2018 (AFP) - A Coreia do Norte acusou nesta quinta-feira o secretário-geral da ONU, António Guterres, de ser um "tipo de sequaz que representa os Estados Unidos", após o chefe das Nações Unidas garantir que as sanções são essenciais para pressionar Pyongyang.

A missão diplomática norte-coreana junto às Nações Unidas havia emitido um comunicado no qual se queixava dos "comentários temerários" realizados por Guterres durante a Conferência de Segurança de Munique, na semana passada.

Durante a conferência, Guterres elogiou o Conselho de Segurança por seu sucesso ao impor sanções à Coreia do Norte e acrescentou: "na minha opinião, é absolutamente essencial manter a pressão".

"Isto não é mais que um sofisma absurdo e impróprio para seu dever como secretário-geral das Nações Unidas e apenas nos faz pensar se é um tipo de sequaz que representa os Estados Unidos", expressou a missão norte-coreana em seu comunicado.

O regime de Kim Jong Un afirma que os Estados Unidos são os responsáveis pela crise na península coreana e que seus testes de mísseis e armas nucleares representam uma forma legítima de defesa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos