Detido no Afeganistão suposto talibã de nacionalidade alemã

Kandahar, Afeganistão, 28 Fev 2018 (AFP) - Um homem de nacionalidade alemã foi detido junto a um grupo de talibãs na província de Helmand, no sul do Afeganistão, indicaram à AFP fontes locais.

O homem, cuja identidade não foi revelada, "foi detido na terça-feira à noite pelas forças especiais junto com outros três supostos talibãs no distrito de Gereshk, na província de Helmand", disse Said Omar Zwak, porta-voz do governo provincial.

Gereshk é um dos poucos distritos de Helmand que os talibãs controlam quase totalmente, onde ainda há confrontos com as forças do governo.

Segundo o chefe da Polícia de Gereshk, Ismail Khplwak, o alemão detido pelas forças afegãs "era o conselheiro militar de Mollah Nassir, o comandante das Unidades Vermelhas", as forças de elite dos talibãs.

Nas fotos tiradas pelos militares afegãos é possível ver um homem de cerca de 40 anos usando um turbante preto e uma longa barba. Junto com ele há dois membros das forças especiais afegãs com roupas de combate e óculos de visão noturna em cima dos capacetes.

As chamadas "Unidades Vermelhas" ("Sara Qeta", em pachtun) dos talibãs estão muito melhor equipadas que o resto dos talibãs e realizam operações contra o Exército e a Polícia afegãos.

A província de Helmand é a maior do Afeganistão e produz cerca da metade da papoula afegã.

mmd-ach/bds/pc/cb

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos