Cardeal australiano Pell será julgado por agressão sexual

Melbourne, 1 Mai 2018 (AFP) - O cardeal australiano George Pell, terceiro na hierarquia do Vaticano, será julgado por uma agressão sexual, decidiu nesta terça-feira um tribunal de Melbourne, que descartou outras denúncias do mesmo tipo.

A juíza Belinda Wallington se disse "satisfeita" com a existência de provas suficientes para que o cardeal, um dos conselheiros mais próximos do Papa Francisco, seja julgado.

Em reação à decisão da juíza, o cardeal Pell se declarou inocente do crime de agressão sexual.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos