Putin sugere que poderá seguir no poder após atual mandato

Moscou, 25 Mai 2018 (AFP) - O presidente russo, Vladimir Putin, sugeriu nesta sexta-feira que poderá voltar ao cargo de primeiro-ministro quando terminar seu quarto mandato de presidente, em 2024, como ocorreu em 2008.

"Sempre segui e continuo seguindo a Constituição da Rússia. Nesta Constituição, está claramente dito que não podem mais de dois mandatos" consecutivos. recordou Putin no Fórum Econômico de São Petersburgo sobre se entregaria a presidência em 2024.

"Hoje estou no meu segundo mandato", declarou Putin, antes de lembrar que em 2008 deixou o cargo de presidente para se tornar primeiro-ministro, e regressou ao poder quatro anos depois.

"Deixei o cargo de presidente porque a Constituição não me autorizava ser eleito pela terceira vez (consecutiva) e preciso observar esta regra no futuro", disse o presidente, admitindo que poderá voltar ao cargo de primeiro-ministro.

Em 2008, após seu segundo mandato como presidente, Putin entregou o Kremlin a Dmitri Medvedev, mas como premier seguiu dirigindo o país, se manifestando sobre os temas cruciais e adotando as principais decisões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos