PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Turquia condena diretor de mina de tragédia de 2014 a 15 anos de prisão

11/07/2018 06h17

Istambul, 11 Jul 2018 (AFP) - O diretor executivo da mina de Soma, onde 301 pessoas morreram em um acidente em maio de 2014, foi condenado nesta quarta-feira a 15 anos de prisão por um tribunal da cidade de Akhisar, informou a agência de notícias Anadolu

Can Gurkan foi condenado a 15 anos de prisão, enquanto o diretor geral da mina, Ramazan Dogru, e o diretor técnico, Ismail Adali, forma sentenciados a 22 anos e seis meses.

O diretor de operações, Akin Celik, e o supervisor técnico da mina, Ertan Ersoy, foram condenados a 18 anos e nove meses.

O acidente na mina de Soma, em 13 de maio de 2014, evidenciou os problemas de segurança no setor de mineração do país e rendeu críticas ao então primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, hoje presidente.

Internacional