PUBLICIDADE
Topo

Internacional

'Que a história me julgue', diz Fujimori prestes a fazer 80 anos

25/07/2018 15h33

Lima, 25 Jul 2018 (AFP) - O ex-presidente peruano Alberto Fujimori (1990-2000) escreveu uma mensagem por ocasião de seus 80 anos, que ele completará no sábado, dia 28 de julho, pela primeira vez em 12 anos fora da prisão.

O documento manuscrito foi recebido com exclusividade pela AFP, cujo conteúdo é a seguir reproduzido textualmente.

"80 anos: que a história me julgueCheguei aos 80 com todas as marcas que deixam os anos, com todos os sobressaltos da vida políticas, enormes satisfações e profundos pesares.

Depois de 1990, minha vida ganhou um ritmo vertiginoso porque me comprometi a resgatar o Peru do desastre que herdei: caos, terrorismo e ruína econômica. Conheço nossa pátria, pois desde minha juventude percorri seu território, por isso sei que não apenas tem enormes riquezas materiais, como também inestimáveis capacidades humanas.

Uma nação como a nossa poderá sofrer altos e baixos e atrasos, mas por fim chegará a seu destino, que é ser um país líder na América Latina. Provavelmente não veja concretizado totalmente esse objetivo, mas isso não importa. Sei que cimentei o caminho para conseguir isso.

Nos contados anos que me restam me dedicarei a três objetivos: unir minha família, melhorar no que puder minha saúde e fazer um balanço equilibrado e sereno de minha vida. Esses são minhas três principais metas ao completar minha oitava década de existência.

Meu agradecimento mais profundo, ao completar 80 anos, a meus compatriotas que viveram, antes de 1990 e início dessa década, as maiores penúrias. Com seu apoioi e compreensão, pudemos levantar juntos o Peru dos escombros. Sua fortaleza moral foi minha grande inspiração.

Que a história julgue meus acertos e meus erros.

Alberto Fujimori

Presidente do Peru

1990-2000"

bur-fj/ltl/gv/cn/mvv

Internacional