PUBLICIDADE
Topo

Internacional

GB considera preocupante aumento de tentativas de travessia do Canal da Mancha

27/12/2018 18h52

Londres, 27 dez 2018 (AFP) - A multiplicação das tentativas de cruzar o Canal da Mancha por parte de migrantes é "profundamente preocupante", avaliou nesta quinta-feira (27) a secretaria de Estado britânica de Imigração, Caroline Nokes, depois de outro resgate de 34 pessoas.

"O número de incidentes nestes últimos dias é profundamente preocupante. Uma parte (deste tráfego) claramente foi facilitada por grupos criminais, enquanto outros parecem ser tentativas de oportunistas", disse Nokes.

Nove migrantes iranianos conseguiram chegar em um bote inflável com motor à praia de Sandgate em Kent, onde foram retidos e interrogados na madrugada de quarta para quinta. O grupo estava integrado por cinco homens, uma mulher, dois meninos e uma menina. Os menores foram entregues aos serviços sociais.

"Nosso helicóptero de resgate conseguiu identificar as pessoas na praia e foi ali que entendemos que estavam sadios e a salvo. A Polícia se fez cargo" do cargo, declarou à AFP o encarregado da estação de resgate marítimo de Littlestone, Matt Crittenden.

Outras onze pessoas, entre elas cinco em estado de hipotermia, foram interceptadas à noite por uma patrulha francesa em frente a Sangatte (norte da França), depois que vários barcos de passageiros perceberam esta embarcação com migrantes.

As operações de resgate se prolongaram até a manhã de quinta-feira. Seis homens iranianos chegaram à praia de Douvres em um bote inflável, mas depois a Polícia os encontrou para detê-los. Quinze minutos depois, a Polícia fronteiriça interceptou outros oito homens iranianos em frente a Dover.

"Mantemos contatos estreitos e contínuos com as autoridades francesas e os sócios das autoridades, especialmente através do novo centro de coordenação e informação franco britânico que abriu em Calais no fim do mês passado, para lutar contra a criminalidade na fronteira", destacou Nokes.

Desde outubro foi registrado um forte aumento no número de migrantes que tenta cruzar o Canal da Mancha desde França, apesar dos perigos que representam o tráfico de embarcações, as fortes correntes e as temperaturas geladas.

Só no dia de Natal, as autoridades marítimas britânicas e francesas resgataram mais de 40 migrantes que tentaram cruzar o Canal da Mancha em seis pequenas embarcações durante dois dias. Em 23 de dezembro resgataram outros 16 migrantes.

mal/apz/mr/pb/mb/mvv

Internacional