PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Morre um dos últimos sobreviventes franceses do desembarque na Normandia

26/02/2019 09h13

Paris, 26 Fev 2019 (AFP) - O francês Jean Masson, um dos últimos sobreviventes do legendário Comando Kieffer, que participou no desembarque na Normandia, em 1944, morreu aos 95 anos, anunciou nesta terça-feira o ministério francês da Defesa.

Masson faleceu no sábado, segundo a associação Dday-overlord.

Com sua morte, apenas três membros do batalhão francês de fuzileiros, liderados pelo comandante francês Philippe Kieffer, permanecem vivos, segundo o site da associação.

Quando a Segunda Guerra Mundial estourou, Masson se alistou na Marinha Nacional. Durante a ocupação nazista na França, ele foi para a Inglaterra em janeiro de 1944, depois de ter sido preso por um tempo na Espanha.

Apesar de ter sido ferido em Landing, "ele continuou a lutar na Holanda e até na Alemanha", afirmou o Ministério da Defesa em um comunicado.

"Homenagem a este corajoso combatente. Minhas condolências a sua família e a seus entes queridos", escreveu Geneviève Darrieussecq, secretária de Estado do Ministério da Defesa no Twitter.

Os 177 fuzileiros das forças francesas livres sob o comando Kieffer são os únicos franceses de uniforme que participaram do desembarque na Normandia em 6 de junho de 1944, o que marcou o início do fim da Segunda Guerra Mundial.

Apenas 24 dos 177 membros do comando saíram ilesos.

cbo/meb/zm/cn

Internacional