PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Autor de tiroteios na Nova Zelândia era um extremista australiano

15/03/2019 05h07

Sydney, 15 Mar 2019 (AFP) - O homem que matou a tiros pelo menos 40 pessoas em duas mesquitas da Nova Zelândia nesta sexta-feira era um extremista de direita australiano, afirmou o primeiro-ministro australiano Scott Morrison.

Os ataques em duas mesquitas da cidade de Christchurch foram cometidos por um "terrorista extremista de direita, violento", indicou Morrison, antes de afirmar que a investigação está nas mãos das autoridades neozelandesas.

dm/arb/ev-lgo/lb/pc/fp

Internacional