Topo

DHL suspende envios de carga por vias aérea e marítima entre EUA e Venezuela

24/05/2019 20h08

Washington, 24 Mai 2019 (AFP) - A empresa de logística DHL anunciou nesta sexta-feira (24) a suspensão de seus serviços de envio de carga por transporte aéreo e marítimo entre Estados Unidos e Venezuela em cumprimento de uma disposição do governo americano.

"A DHL Global Forwarding, que maneja os envios de carga aérea/marítima, suspendeu o serviço para e desde os Estados Unidos/Venezuela devido a uma ordem do governo dos Estados Unidos", disse a DHL em um comunicado enviado à AFP.

O Departamento de Transporte dos Estados Unidos suspendeu em 15 de maio todos os serviços aéreos de passageiros e carga desde e para a Venezuela, evocando razões de segurança, uma medida que se soma à bateria de sanções contra o governo do presidente Nicolás Maduro.

A porta-voz da DHL Americas, Bea García, explicou que a maioria dos envios da DHL Global Forwarding se faz por via aérea, de modo que sua operação se vê diretamente afetada pela decisão do governo de Donald Trump.

"Todos os demais serviços da DHL Global Forwarding entre Venezuela e outros países continuam como de costume", esclareceu.

A medida também não altera o envio de documentos e pacotes, canalizado através da DHL Express.

Jhonatan Ospina Cruz, assessor da DHL Venezuela, disse à AFP em Caracas que a medida atinge basicamente carregamentos de alimentos, matérias-primas e tecnologia.

erc-ad/lda/db/mvv

Mais Internacional