Topo

Milhares de jovens vão às ruas na Alemanha contra mudança climática

2019-05-24T12:20:00

24/05/2019 12h20

Berlim, 24 Mai 2019 (AFP) - Milhares de estudantes alemães voltaram a fazer paralisação, nesta sexta-feira (24), e foram às ruas protestar contra a mudança climática em mais uma jornada mundial de mobilizações pelo clima.

O ato acontece dois dias antes das eleições europeias, no domingo.

Cerca de cinco mil jovens se concentraram ao meio-dia (hora local) na frente do emblemático Portão de Brandeburgo, em Berlim.

Outras manifestações foram realizadas nas principais cidades alemãs, como Hamburgo (com 17.500 manifestantes, segundo a polícia), ou em Frankfurt, onde 4.500 estudantes seguiram rumo à sede do Banco Central Europeu.

"O clima agora, dever de casa depois!", "Não deixem a Terra explodir, bons planetas são difíceis de encontrar", podia-se ler nos cartazes em Berlim, além do slogan repetido em vários países "Não existe planeta B".

"A mudança climática não para nas nossas fronteiras. Um dia, ou outro, será irreversível", disse à AFP Aaron Langguth, de 21, um estudante de Comunicação presente na manifestação em Berlim.

A adolescente sueca Greta Thunberg, emblema desse movimento dos jovens contra a mudança climática, e sua companheira alemã Luisa Neubauer publicaram no jornal alemão "Süddeutsche Zeitung" um manifesto em favor da mobilização o mais ampla possível na Europa e no restante do mundo.

"Chegou a hora para todos nós resistirmos em nível mundial", defenderam.

Milhares de estudantes já se manifestaram em 14 de março passado, na primeira jornada mundial de protestos estudantis contra a mudança climática e contra a inação das autoridades em matéria de políticas ambientais.

fz-ilp/alf/avz/eb/eg/tt

Mais Internacional