Topo

Rússia considera imprudentes as novas sanções contra o Irã

25/06/2019 11h03

Moscou, 25 Jun 2019 (AFP) - A Rússia definiu nesta terça-feira como "imprudentes" e "desestabilizadoras" as novas sanções dos Estados Unidos contra o Irã, acusando Washington de tentar cortar as vias de negociação do programa nuclear iraniano.

"As autoridades americanas deveriam questionar sua política irresponsável em relação ao Irã, o que não apenas implica a desestabilização do Oriente Médio, mas também enfraquece todo o sistema de segurança internacional", disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia em um comunicado.

De acordo com Moscou, as novas sanções dos Estados Unidos, que dizem respeito aos principais líderes iranianos, incluindo o guia supremo, constituem "uma nova ilustração das tentativas em andamento dos Estados Unidos de ditar sua vontade para Estados soberanos".

"Há uma impressão clara de que Washington pretende cortar as pontes, contrariando suas próprias pretensões de querer entrar em diálogo com o Irã", continuou a diplomacia russa, acrescentando que "é totalmente solidário com o povo e o governo iranianos".

op/rco/sg/age/mb/cn

Mais Internacional