PUBLICIDADE
Topo

Por Previdência Social, franceses terão de trabalhar mais tempo, diz premiê

Franceses vivem queda de braço pela polêmica reforma da Previdência Social promovida pelo governo Macron - Vincent Kessler/Reuters
Franceses vivem queda de braço pela polêmica reforma da Previdência Social promovida pelo governo Macron Imagem: Vincent Kessler/Reuters

Da AFP, em Paris

06/12/2019 12h36

O primeiro-ministro da França, Edouard Philippe, disse hoje que os franceses terão de "trabalhar mais tempo", como já acontece "em outros países", em meio à queda de braço pela polêmica reforma da Previdência Social promovida pelo governo Macron.

"Nossos concidadãos (...) sabem que, progressivamente, teremos que trabalhar um pouco mais de tempo, mas é o que já acontece em outros países comparáveis à França", declarou Philippe em discurso transmitido pela televisão.

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.

Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.

Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Protestos na França tem confronto com a polícia

Band News

Internacional