PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Portugal fechará escolas por 15 dias em razão da pandemia

Em meio à pandemia do novo coronavírus, cartaz em Portugal mostra coração e a bandeira do país - Horacio Villalobos#Corbis/Corbis via Getty Images
Em meio à pandemia do novo coronavírus, cartaz em Portugal mostra coração e a bandeira do país Imagem: Horacio Villalobos#Corbis/Corbis via Getty Images

21/01/2021 13h08

Portugal fechará suas escolas durante 15 dias face à atual explosão de casos de covid-19, anunciou nesta quinta-feira (21) o primeiro-ministro António Costa, manifestando preocupação com a progressão da variante britânica e a sua "velocidade de transmissão".

"O princípio da precaução exige que interrompamos todas as atividades educacionais nos próximos 15 dias", declarou o chefe do governo socialista após um conselho de ministros.

Uma semana após a imposição de um segundo confinamento geral, que não previa o fechamento de escolas e universidades, Costa explicou que se tornou necessário devido "a esta nova variante e sua velocidade de transmissão".

Portugal regista recordes de mortes há vários dias, com 221 óbitos nesta quinta.

Depois de atingir, na quarta, o maior número de novos casos em 24 horas - 14.647 - o país de cerca de 10 milhões de habitantes registrou mais 13.544 hoje.

Esta aceleração pode ser explicada, em particular, pela propagação da cepa britânica, que é muito mais contagiosa.

"Há uma grande expansão dessa cepa", disse o primeiro-ministro, esclarecendo que ela representa atualmente 20% das infecções, mas que a proporção pode chegar a 60% na próxima semana.

Internacional