PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Governo alemão quer que patentes de vacinas anticovid continuem 'protegidas'

Governo da Alemanha se posiciona contra a quebra de patentes por "implicações importantes para a produção" - Fabrizio Bensch/POOL/AFP
Governo da Alemanha se posiciona contra a quebra de patentes por 'implicações importantes para a produção' Imagem: Fabrizio Bensch/POOL/AFP

06/05/2021 14h21Atualizada em 06/05/2021 15h05

O governo de Angela Merkel considerou nesta quinta-feira (6) que é importante que as patentes das vacinas anticovid permaneçam protegidas, depois que os Estados Unidos se disseram a favor de suspendê-las.

"A sugestão dos Estados Unidos de suspender as patentes das vacinas anticovid-19 tem implicações importantes para a produção de vacinas como um todo", disse uma porta-voz do governo alemão, acrescentando que "a proteção à propriedade intelectual é uma fonte de inovação e deve continuar assim no futuro".

Ela acrescentou que "os fatores limitantes na produção de vacinas são a capacidade de produção e os altos padrões de qualidade, não as patentes".

Berlim disse que as empresas farmacêuticas já estão trabalhando com seus parceiros para aumentar sua capacidade de produção de vacinas.

A Alemanha é o lar da BioNTech, que juntamente com a Pfizer desenvolveu a primeira vacina contra a covid-19 a ser aprovada no ano passado em países ocidentais.

Coronavírus