PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Ministro israelense condiciona trégua com Gaza a 'calma duradoura'

Ministro israelense diz que continuará com os bombardeios na Faixa de Gaza enquanto os disparos de foguetes lançados do território palestino não cessarem - Menahem Kahana/AFP
Ministro israelense diz que continuará com os bombardeios na Faixa de Gaza enquanto os disparos de foguetes lançados do território palestino não cessarem Imagem: Menahem Kahana/AFP

12/05/2021 08h23Atualizada em 12/05/2021 09h12

O Exército israelense continuará com os bombardeios na Faixa de Gaza, enquanto os disparos de foguetes lançados do território palestino para seu território não cessarem - anunciou o ministro israelense da Defesa, Benny Gantz, nesta quarta-feira (12).

"O Exército continuará atacando para garantir uma calma total e duradoura", disse Gantz, em visita à cidade israelense de Ashkelon, perto da Faixa, segundo nota divulgada pelo Ministério.

"Apenas quando tivermos alcançado este objetivo poderemos falar de trégua", acrescentou.

Internacional