PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Situação com reféns no Texas foi 'ato de terrorismo', diz Biden

1º.dez.2021 - O presidente dos EUA, Joe Biden, em discurso na Casa Branca, em Washington (DC) - Mandel Ngan/AFP
1º.dez.2021 - O presidente dos EUA, Joe Biden, em discurso na Casa Branca, em Washington (DC) Imagem: Mandel Ngan/AFP

16/01/2022 14h55

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, classificou, neste domingo (16), como um "ato de terrorismo" a tomada de reféns ontem em uma sinagoga no estado do Texas e pareceu confirmar que o agressor, que morreu depois, exigia a libertação da terrorista condenada Aafia Siddiqui.

"Este foi um ato de terrorismo" relacionado com "alguém que foi detido há 15 anos e está preso há 10 anos", declarou Biden à imprensa, durante uma visita a uma organização de ajuda contra a fome na cidade da Filadélfia.

Internacional