Conteúdo publicado há 1 mês

Líder do Hezbollah diz que 'nenhum lugar' de Israel estará seguro em caso de guerra

O líder do Hezbollah, Hasan Nasrallah, alertou nesta quarta-feira (19) que "nenhum lugar" em Israel estaria seguro dos mísseis do grupo libanês, se o governo israelense implementasse seus planos de ofensiva contra o Líbano.

"O inimigo sabe muito bem que nos preparamos para o pior (...) e que não haverá nenhum lugar (...) a salvo dos nossos foguetes", afirmou Nasrallah em um discurso televisionado, acrescentando que os disparos contra o território israelense poderiam vir "por terra, ar e mar".

Nasrallah também ameaçou o Chipre com retaliações, caso essa pequena nação insular da União Europeia permita que Israel utilize seus aeroportos e bases para lançar uma ofensiva.

"Abrir aeroportos e bases cipriotas ao inimigo israelense para atacar o Líbano significaria que o governo cipriota está participando da guerra, e a resistência considerará isso como parte da guerra", advertiu Nasrallah em seu discurso televisado.

O Exército israelense anunciou na terça-feira que estava preparando uma "ofensiva" contra o Hezbollah, após semanas de intensificação dos disparos de ambos os lados da fronteira.

De fato, a fronteira entre Israel e o Líbano tem sido palco de duelos quase diários de artilharia desde o início, em 7 de outubro, da guerra na Faixa de Gaza entre Israel e o movimento islamista palestino Hamas, aliado do Hezbollah.

Deixe seu comentário

Só para assinantes