Idec vai acionar MP e Procon contra a Sabesp

Em São Paulo

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) vai acionar o Ministério Público e o Procon-SP contra a Sabesp por omitir informação sobre os locais na cidade em que ocorre diminuição da pressão de água e possível falta de abastecimento.

O Idec havia pedido à companhia o mapa de diminuição de pressão noturna de água em São Paulo, com base na Lei de Acesso à Informação, que regulamenta o direito de acesso a dados públicos. A Sabesp deveria ter respondido em 20 dias, mas pediu mais 10 dias. O prazo final venceu na terça-feira (14).

A empresa nega que haja racionamento e alega que a diminuição da pressão não traz consequências aos consumidores.

Segundo o gerente técnico do Idec, Carlos Thadeu de Oliveira, a divulgação do mapa contribuiria para sinalizar aos consumidores os locais onde a diminuição da pressão pode causar eventual falta de água. "Sem essas informações, as pessoas estão entrando em pânico e fazendo o pior possível, que é armazenar água, muitas vezes de forma inadequada, e o que seria consumido em 1 mês acaba sendo consumido em 15 dias." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Reservatórios de água na Grande SP

Arte/UOL

Confira entre quais reservatórios se divide o abastecimento de água na Grande São Paulo

Raio-x dos sistemas

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos