Haddad afirma que Doria tem legitimidade para propor mudanças

Em São Paulo

  • Chello/Estadão Conteúdo

    Haddad (foto) concedeu hoje a primeira entrevista dadaao lado de Doria após a eleição

    Haddad (foto) concedeu hoje a primeira entrevista dadaao lado de Doria após a eleição

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou que o prefeito eleito, João Doria (PSDB), tem legitimidade para propor mudanças na administração. Ao ser perguntado ao lado do adversário nas eleições sobre como avaliava as mudanças anunciadas por Doria na Virada Cultural, que o tucano pretende transferir para o autódromo de Interlagos, Haddad evitou fazer críticas diretas e disse que Doria vai imprimir sua marca de gestão no governo.

Haddad já havia falado que esperava que a medida de Doria fosse revista. Hoje, na primeira entrevista dada ao lado de Doria após a eleição, Haddad se posicionou de forma diferente.

"O prefeito foi eleito recentemente, vai imprimir sua marca de gestão em todas as áreas, dialogou com a população ao longo da campanha e tem legitimidade para propor, testar hipóteses, alterações", falou. Doria disse que o futuro secretário de Cultura, André Sturm, vai detalhar a nova configuração do evento na quinta-feira (8).

Durante a campanha, Haddad criticou Doria pelas propostas de privatizar a cidade e falou que entre os dois candidatos estava em jogo uma visão de cidade que seria submetida ao eleitor. Após a transição, o tucano e o petista "pisaram no freio" em relação aos ataques e elogiam o processo de transição.

João Doria afirmou que nos últimos 30 anos não há uma transição tão tranquila na Prefeitura de São Paulo. "Nenhuma dúvida, nenhum ponto de divergência, o entendimento ao longo de 60 dias se comportou muito bem", afirmou. Doria se reuniu com Haddad em uma reunião fechada durante cerca de uma hora.

O encontro discutiu 12 pontos, em especial educação, saúde, mobilidade, habitação, trabalho e eventos culturais, segundo os dois, que não detalharam sobre os pontos debatidos. Doria anunciou que o primeiro encontro do conselho de ex-prefeitos da cidade vai ser em março na Sala de Reuniões do Gabinete.

Natal comedido

Fernando Haddad afirmou que sua equipe está fazendo o "maior esforço possível" para que Doria assuma com total condições de conduzir os projetos sem nenhuma interrupção. "O quadro da cidade no cenário nacional é bastante saudável e vamos entregar um legado muito positivo para a cidade", disse.

Ele afirmou que para manter as contas em ordem e não deixar uma situação financeira ruim no último ano de gestão, a programação de Natal vai ser mais "comedida", com um "pequeno patrocínio". Sobre a programação de Réveillon, disse que vai anunciar semana que vem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos