Temer decreta luto oficial de 3 dias pela morte de dom Evaristo Arns

Em Brasília

  • Eduardo Knapp/Folhapress

O presidente Michel Temer declarou luto oficial de três dias em todo o País em sinal de pesar pelo falecimento do cardeal Paulo Evaristo Arns, arcebispo Emérito de São Paulo. O decreto de Temer está publicado no DOU (Diário Oficial da União).

Dom Evaristo Arns morreu na quarta-feira (14), aos 95 anos. Ele estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Santa Catarina, em São Paulo, desde 28 de novembro com um quadro de broncopneumonia. Nos últimos dias, ele apresentou piora do sistema renal.

Grande líder da Igreja Católica, dom Evaristo dedicou a vida aos pobres, à defesa dos direitos humanos e virou símbolo de resistência à ditadura militar.

'Cardeal da esperança' lutou pelos direitos humanos

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos