PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
6 meses

Ação sobre propinas no Metrô de SP é paralisada

Getty Images
Imagem: Getty Images

São Paulo

07/02/2020 08h20

O desembargador Paulo Fontes, do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região, deferiu liminar suspendendo audiências da ação da Lava Jato contra o ex-diretor do Metrô de São Paulo Sérgio Brasil e 13 executivos de construtoras - todos são réus por propinas de R$ 4 milhões.

A medida vale até que o STJ decida de quem é a competência do caso, se a Justiça Federal ou a Justiça estadual.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cotidiano