PUBLICIDADE
Topo

Favela da Rocinha tem os primeiros 4 casos confirmados de coronavírus

Além da Rocinha, já há confirmações em outras comunidades do Rio, como Cidade de Deus (1), Vidigal (1) e Complexo do Alemão (1) - Sergio Moraes/Reuters
Além da Rocinha, já há confirmações em outras comunidades do Rio, como Cidade de Deus (1), Vidigal (1) e Complexo do Alemão (1) Imagem: Sergio Moraes/Reuters

Mariana Durão

Rio de Janeiro

05/04/2020 21h25

A Prefeitura do Rio confirmou neste domingo os primeiros casos de coronavírus na Rocinha, na zona sul do Rio. Segundo o Painel Rio Covid-19, da Secretaria Municipal de Saúde, quatro moradores (três homens e uma mulher) da favela foram diagnosticados com a doença.

Além da Rocinha, já há confirmações de contaminação em outras comunidades do Rio, como Cidade de Deus (1), Vidigal (1), Complexo do Alemão (1), Vigário Geral (2) e Mangueira (1).

A cidade do Rio já contabiliza 1.068 casos confirmados de covid-19, em 106 bairros. De maneira isolada, a Barra da Tijuca, na zona oeste, tem o maior número de pacientes contaminados (115). Por região, a zona sul concentra mais pacientes diagnosticados com o vírus, num total de 424.

Hoje 74 pessoas estão internadas em hospitais da rede municipal com a doença, um aumento de 13 casos em relação ao sábado. Nove óbitos foram confirmados nessas unidades de saúde.

Coronavírus