PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Caso aprovada, fusão com Hapvida será transformacional no setor, diz Notre Dame

01/03/2021 14h48

São Paulo - O CEO da Notre Dame Intermédica, Irlau Machado, afirma que a fusão anunciada com a Hapvida será transformacional para o setor de saúde, caso seja aprovada pelos acionistas e pelos órgãos de defesa da concorrência. "Essa transação tem o potencial de aumentar os participantes da saúde complementar do País", disse, em teleconferência para analistas.

Ao mesmo tempo, o CEO da Hapvida, Jorge Pinheiro, aponta que a transação ocorre em um momento crucial para a saúde no Brasil e no mundo, em que cresce o interesse da população por conseguir planos de saúde.

Pinheiro acredita que as empresas terão grande ganho de sinergia na operação, pois possuem complementariedade geográfica, são muito bem geridas, crescem acima da média, são rentáveis e sabem fazer aquisições.

Caso a operação seja aprovada, a nova empresa terá 84 hospitais, 280 clínicas, 257 unidades de diagnóstico, com abrangência nacional.

Luísa Laval

Cotidiano