PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
1 mês

Boris Johnson vai relaxar restrições no Reino Unido a partir de 17 de maio

Boris Johnson deve anunciar uma reabertura significativa da economia da Inglaterra  - Lee Smith/Reuters
Boris Johnson deve anunciar uma reabertura significativa da economia da Inglaterra Imagem: Lee Smith/Reuters

10/05/2021 07h24Atualizada em 10/05/2021 08h08

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, deve anunciar hoje, uma reabertura significativa da economia da Inglaterra a partir do dia 17 de maio. O gabinete assinará a terceira fase do relaxamento de restrições do novo coronavírus no país. Johnson avalia que a pandemia está sob controle e a normalidade está voltando.

"Agora, esperamos poder desbloquear com cautela, mas de forma irreversível", disse o primeiro-ministro em uma entrevista coletiva em Downing Street.

A maioria das empresas em todos os setores, exceto os de maior risco, será capaz de reabrir, incluindo serviços de bares, como os tradicionais pubs, e restaurantes. Esse relaxamento vai acontecer junto com a flexibilização de algumas restrições às viagens ao exterior.

Hotéis e cinemas serão reabertos e os esportes em ambientes fechados também poderão ser retomados. Algumas performances e eventos esportivos maiores poderão reabrir para espectadores pagantes, com restrições.

Com o afrouxamento das restrições, os britânicos também poderão se reunir de forma privada em ambientes fechados, com no máximo seis pessoas ou duas famílias. Festas de casamentos poderão ter até 30 convidados. Por outro lado, aglomerações de mais de 30 pessoas, mesmo ao ar livre, permanecerão proibidas.

Coronavírus