Conteúdo publicado há 1 mês

Médica que acusou filho mais novo de Lula é afastada do trabalho

A médica Natália Schincariol, que denunciou o filho mais novo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Luís Cláudio Lula da Silva, por supostas agressões físicas e psicológicas, voltou a ser afastada do trabalho. O laudo do psiquiatra menciona "sintomas depressivos" e associa "conflitos conjugais" ao caso.

O afastamento é de 14 dias. Luís Cláudio nas redes sociais compartilhou comentários pejorativos sobre a aparência da médica, publicados no Brasil 247.

Na gravação, os jornalistas criticam a médica por levar o caso a público. Comentam ainda que "a pessoa que preserva a sua intimidade tem o caráter melhor".

O jornal O Estado de S. Paulo apurou que, depois disso, a médica teve uma crise de ansiedade no trabalho.

Procurada pela reportagem, Natália não quis comentar o caso ou conceder entrevista.

Deixe seu comentário

Só para assinantes