Facebook vai proibir vendas de armas sem licença

ROMA, 30 JAN (ANSA) - Com mais de 1,6 bilhão de usuários, o Facebook tornou-se um dos principais pontos de vendas de armas não licenciadas nos Estados Unidos após o presidente Barack Obama endurecer as regras para a venda de armamentos sem registro de antecedentes criminais.   

Por causa disso, o dono da rede social, Mark Zuckerberg, anunciou que serão banidas todas as páginas que fizerem esse tipo de venda e pediu colaboração dos usuários para denunciar negociações em conversas privadas, que segundo o site, não são monitoradas.   

O bloqueio será estendido também ao Instagram e já deve entrar em vigor rapidamente. Essa proibição não atingirá empresas legalizadas que vendem armas ou clubes de caça e tiro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos