Apesar de crise, Telecom Italia reafirma crença no Brasil

ROZZANO, 25 MAI (ANSA) - Após ter anunciado uma troca no comando da TIM Participações, a Telecom Italia afirmou nesta quarta-feira (25) que continua acreditando no Brasil, apesar do momento turbulento pelo qual passa o país.   

"No Brasil há uma grave crise econômica e política, que teve repercussão sobre as nossas atividades. No entanto, permanece uma nação com enorme potencial e que seguramente voltará a crescer", declarou o presidente do grupo italiano, Giuseppe Recchi.   

A TIM teve no primeiro trimestre de 2016 uma queda de 54,5% no seu lucro líquido e de 15,3% nas receitas, muito em função das turbulências financeiras enfrentadas pelo gigante sul-americano.   

Em meio a tudo isso, a Telecom Italia nomeou Stefano De Angelis para substituir Rodrigo Abreu no comando da subsidiária.   

"O Brasil é um país onde é preciso permanecer e investir em uma ótica de longo prazo", acrescentou o executivo. Nos últimos meses circularam rumores sobre uma possível fusão da TIM com a Oi mediada por um fundo russo, mas as negociações acabaram não avançando.   

Ainda assim, a Telecom sempre fez questão de dizer que considerava a operadora e o Brasil estratégicos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos