Ex mata namorada carbonizada na Itália

ROMA, 30 MAI (ANSA) - A Polícia de Roma, na Itália, deteve nesta segunda-feira, dia 30, o namorado de Sara Di Pietrantonio, de 22 anos, estudante cujo corpo foi encontrado carbonizado neste final de semana. Após longo interrogatório, Vincenzo Paduano, de 27 anos, assumiu a autoria do crime. Segundo parentes, o casal havia terminado o relacionamento de cerca de dois anos poucos dias antes do corpo de Sara ser encontrado pela mãe nas proximidades de seu carro, ambos abandonados em uma rua da periferia de Roma.   

A última vez que a estudante entrou em contato com a família foi na madrugada do domingo, após passar a noite fora, dizendo que estava dando carona para um amigo e que já voltaria para casa. Após demora para chegar, a mãe saiu em sua busca. Ela encontrou o carro pegando fogo e, a cerca de 500 metros, atrás de arbustos, o corpo de Sara, ainda em chamas.   

Investigações sobre o caso ainda estão em curso, mas especialista já chegaram a conclusão de que ela foi queimada viva. Segundo autoridades da capital italiana, Sara chegou a pedir a ajuda de pessoas que passavam de carro pelo local, mas ninguém parou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos