Após visitar Papa, Mark Zuckerberg encontra premier italiano

ROMA, 29 AGO (ANSA) - Após reunir-se com o papa Francisco no Vaticano, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, teve um encontro com o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, nesta segunda-feira (29).   

Durante os cerca de 30 minutos de reunião, os dois falaram sobre o terremoto que atingiu a região central da Itália no dia 24 de agosto e sobre como a tecnologia pode ajudar na retomada do crescimento da economia italiana após oito anos de crise.   

"Nós conversamos sobre o terremoto da semana passada e como a comunidade do Facebook na Itália, e ao redor do mundo, pode se juntar para ajudar as pessoas a se recuperar e a reconstruir.   

Nós também falamos sobre como a tecnologia está ajudando a criar empregos e fazer crescer a economia italiana", destacou o norte-americano em uma postagem no Facebook.   

Zuckerberg ainda postou uma foto com um "servidor real do data center do Facebook", lembrando que, através de um programa de tecnologia desenvolvido pelo site, serão doados 26 servidores para institutos de pesquisa na Europa, incluindo a Universidade de Modena e de Reggio-Calabria.   

Após as conversas, Renzi presenteou o convidado com uma obra de Cícero, "De Amicitia".   

Segundo o premier, o livro "é como um símbolo" da ligação entre o Facebook e a língua e literatura latina, visto que o pedido para ser amigo é uma das atividades mais importantes da rede social fundada por Zuckerberg. Renzi ainda destacou que "apesar de ser uma obra antiga", para ele, Cicerone é "o melhor orador de todos os tempos".   

Após o encontro com o premier, o CEO foi à aula-magna da Universidade Luiss para falar sobre seu site e a importância da tecnologia. "O sucesso não se mede com o compartilhamento das fotos, mas do quanto a nossa comunidade pode ajudar no caso de desastres naturais, como no terremoto", disse aos estudantes.   

"Este é o coração da nossa missão. Trabalharemos sobre isso no futuro, em como a nossa comunidade pode ser forte e deve ter instrumentos para intervir em situações difíceis", finalizou.   

- Doação Cruz Vermelha: Mark Zuckerberg anunciou que doará para a Cruz Vermelha italiana a quantia de 500 mil euros para ajudar na recuperação das cidades da Itália atingidas pelo terremoto. "Organizações como a Cruz Vermelha estão ajudando a coordenar a ajuda. Facebook Itália doará 500 mil euros em forma de crédito publicitário que poderão ser utilizados na plataforma Facebook para promover as atividades daqueles que têm as maiores necessidades: recolher fundos, na busca de voluntários, pedidos de doação de sangue, entrar em contato com as pessoas que tem necessidade de moradia", disse o norte-americano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos