Esposa de negro morto em Charlotte divulga vídeo de morte

WASHINGTON, 23 SET (ANSA) - A esposa de Keith Lamont Scott, negro de 43 anos morto em uma abordagem da polícia em Charlotte, nos Estados Unidos, divulgou nesta sexta-feira (23) um vídeo do episódio.   

As imagens não são esclarecedoras, mas é possível ouvi-la gritar "Não atirem, ele está desarmado" e "Ele não fez nada, não tem arma, não vai fazer nada". Em seguida, a gravação registrou diversos disparos.   

Na última quinta (22), a polícia já havia admitido que um vídeo que está em seu poder - não o da esposa de Scott - também não mostra de maneira clara se a vítima apontara uma arma para os agentes. No entanto, as autoridades resistem a divulgar as imagens. Anteriormente, as forças de segurança haviam dito que o homem estava armado, por isso atiraram.   

A candidata democrata à Presidência, Hillary Clinton, que visitará Charlotte no próximo domingo (25), cobrou nesta sexta a liberação do vídeo pela polícia. "Devemos garantir justiça e trabalhar para superar as divisões", disse no Twitter. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos