Presidente do Conselho Eleitoral indica 2º turno no Equador

QUITO, 21 FEV (ANSA) - O presidente do Conselho Eleitoral do Equador, Juan Pablo Pozo, afirmou que haverá um segundo turno nas eleições presidenciais no país.   

Em entrevista à imprensa, Pozo destacou que há uma "tendência consolidada" que "não pode mais mudar" os resultados. Até o momento, 95,2% das urnas já foram apuradas, com o candidato governista Lenín Moreno com 39,2% dos votos e o opositor Guillermo Lasso tem 28,3%.   

Segundo a lei eleitoral do Equador, para vencer em primeiro turno o candidato precisa ter 40% dos votos e 10% a mais do que o segundo colocado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos