Kim Jong-nam foi morto com arma química, confirma autópsia

KUALA LUMPUR, 26 FEV (ANSA) - O norte-coreano Kim Jong-nam foi morto com o agente neurotóxico VX, conhecido por ser utilizado como uma arma química, confirmou a autópsia neste domingo (26).   

Segundo o ministro da Saúde da Malásia, Subramaniam Sathasivam, a dose do agente administrada contra o irmão do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no dia 13 de fevereiro era tão grande que "atingiu o coração, os pulmões, atingiu tudo", levando entre "15 e 20 minutos" para matar o homem.   

"A morte de Kim Jong-nam foi muito dolorosa e foi causada por uma grave paralisia. A autópsia revelou que Kim sofreu muito antes de morrer", informou ainda o ministro.   

Por causa da revelação do agente químico utilizado, a área do ataque contra Kim Jong-nam no aeroporto de Kuala Lumpur foi esterilizada por autoridades da Malásia. Neste domingo, o local foi considerado "zona segura" para os passageiros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos