Líder da Al Qaeda, genro de Bin Laden, é morto na Síria

SÃO PAULO, 28 FEV (ANSA) - Considerado um dos líderes do grupo terrorista Al-Qaeda e genro de Osama bin Laden, Abu al-Khayr al-Masri foi morto durante um ataque de drone norte-americano no noroeste da Síria, segundo líderes jihadistas.   

De acordo com relatos locais, o terrorista teve seu carro atingido na noite de domingo (26) em uma estrada em Idlib. Nas redes sociais, foram divulgadas fotos do automóvel.   

Segundo a página de Rita Katz, diretora do "Site", portal que monitora a atividade de extremistas na web, o carro realmente é de al-Masri.   

Nas últimas semanas, o Pentágono afirmou que havia realizado um ataque no noroeste da Síria. O governo americano considerava que al-Masri, de 59 anos, tinha ligação com os ataques de 1998 às embaixadas dos EUA na Tanzânia e no Quênia em que mais de 200 pessoas, na maior parte civis, morreram. Além disso, al-Masri era próximo do líder egípcio da Al-Qaeda Ayman al-Zawahiri. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos