Itália aprova 'Bolsa Família' de 400 euros

ROMA, 9 MAR (ANSA) - O Senado da Itália aprovou nesta quinta-feira (9) um projeto de lei que prevê a concessão de benefício assistencial de 400 a 480 euros mensais a famílias de baixa renda, parecido com o programa "Bolsa Família" no Brasil. O texto foi aprovado com 138 votos a favor, 71 contrários e 21 abstenções e já tinha recebido o aval da Câmara dos Deputados em julho do ano passado. "Foi aprovada a lei da #pobreza. É mais um passo para ajudar as famílias em dificuldades. O compromisso social é uma prioridade para o governo", comemorou o primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, em um post no Twitter. De acordo com o ministro do Trabalho da Itália, Giuliano Poletti, foram destinados 2 bilhões de euros (sendo 1,6 bilhão de euro dos cofres italianos e o restante de recursos europeus) para o projeto em 2017, e a mesma quantia para 2018. Hoje é um dia importante, pois o país nunca teve um instrumento como esse", disse Poletti, informando que cerca de 400 mil famílias poderão ser beneficiadas pela bolsa assistencialista.   

Para receber o benefício, os italianos terão que cumprir uma série de requisitos, como comprovação de baixa renda e ser uma família com ao menos um filho menor de idade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos