Áustria aprova veto a véu islâmico e restrição ao Corão

BRUXELAS E ROMA, 29 MAR (ANSA) - O governo da Áustria aprovou na última terça-feira (28) a proibição do uso em público de véus islâmicos que cubram o rosto e a distribuição do Corão por salafistas, grupos de muçulmanos sunitas ultraconservadores.   

Além disso, Viena quer tornar obrigatória a presença de solicitantes de refúgio em cursos de língua e cultura alemãs em seu primeiro ano de residência no país. O pacote, já anunciado em fevereiro, foi aprovado pelo Conselho dos Ministros e agora deve ser submetido ao Parlamento.   

"Apenas assim as pessoas poderão ganhar o respeito da maioria da população", afirmou o ministro das Relações Exteriores e da Integração da Áustria, Sebastian Kurz. Além disso, o país pretende controlar todos os trens provenientes da Itália na fronteira de Brennero, já palco de tensões nos anos anteriores por conta do intenso fluxo migratório.   

As medidas são parte de uma movimentação para evitar o rompimento da coalizão formado pelo Partido Social-Democrata (SPO) e pelo conservador Partido Popular Austríaco (OVP), mas também para frear o crescimento da legenda ultranacionalista Partido da Liberdade (FPO), que lidera as pesquisas para as eleições parlamentares de 2018.   

Também nesse contexto, a Áustria notificou a União Europeia de que não pretende mais participar de seu programa de realocação de solicitantes de refúgio, embora ainda não tenha acolhido nenhum dos 1.953 que o bloco estipulara para o país.   

Viena alega que já vem recebendo proporcionalmente muito mais deslocados externos do que outras nações, como Itália e Grécia.   

Desde 2015, a Áustria, que possui 8,7 milhões de habitantes, já teve mais de 130 mil solicitações de refúgio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos