Alemanha indicia 10 pessoas por mortes em festa rave de 2010

BERLIM, 24 ABR (ANSA) - A Corte de Apelação de Dusseldorf, na Alemanha, anunciou nesta segunda-feira (24) que 10 pessoas serão julgadas pelas 21 mortes ocorridas durante a festa de música eletrônica "Love Parade", em Duisburg, em 2010.   

Os acusados são quatro pessoas que faziam parte da organização do evento e seis funcionários públicos de Duisburg. Eles responderão por homicídio involuntário e por danos corporais porque, segundo a Procuradoria, havia graves falhas no planejamento do festival e também na segurança durante o evento.   

A decisão da Corte de Apelação é contrária à do tribunal da cidade alemã que, no ano passado, havia dito que não existiam provas suficientes contra os 10 acusados.   

A tragédia em Duisburg aconteceu no dia 24 de julho de 2010, quando o festival de música eletrônica, realizado desde 1989, foi organizado pela primeira vez no município. Para chegar ao palco do festival, era preciso passar por um túnel, que foi fechado para carros.   

No entanto, houve um momento de pânico entre os mais de 1,4 milhão de pessoas quando estas estavam atravessando o local.   

Pelo excesso de pessoas, as autoridades decidiram fechar a entrada do túnel, causando um tumulto por quem estava do lado de fora, forçando para entrar, e quem estava dentro do local que não conseguia sair.   

Além das 21 mortes de jovens, que incluem vítimas da Itália, Espanha, Holanda, Austrália, Bósnia e China, mais de 600 ficaram feridas na ocasião. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos