China e Alemanha anunciam 'nova fase' na relação bilateral

BERLIM, 5 JUL (ANSA) - A chanceler alemã, Angela Merkel, recebeu o presidente da China, Xi Jinping, em Berlim nesta quarta-feira (5) e os dois líderes anunciaram uma "nova fase" nas relações bilaterais entre as nações.   

Merkel afirmou que "em um tempo de inquietude no mundo, Alemanha e China podem dar sua contribuição para aplacar a situação" e que as "relações estratégicas devem ser ampliadas".   

Por sua vez, o líder chinês ressaltou o novo momento na diplomacia entre os dois países. "Estamos perante a um novo início das relações entre China e Alemanha, com novos objetivos e percursos", ressaltou Xi Jinping acrescentando que existe uma "excelente colaboração" entre Berlim e Pequim.   

Apesar de não ter citado nominalmente, os dois líderes mandaram seu recado ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, às vésperas da reunião entre as 20 maiores economias do mundo, o G20, que ocorre em Hamburgo nos dias 7 e 8 de julho.   

"A China está pronta a apoiar a Alemanha no G20 de maneira que se possa dar um passo adiante baseado na reunião de Hangzhou", ressaltou o mandatário lembrando da reunião do ano passado, que ocorreu na cidade chinesa.   

Com essa postura, Xi Jinping mostra que apoiará a não renegociação do acordo sobre as mudanças climáticas de Paris com os Estados Unidos, como é desejado por Trump, e os debates sobre globalização e livre comércio - em contrapartida ao protecionismo econômico do chefe da Casa Branca.   

Sobre as questões comerciais, Merkel ressaltou que espera negociar com a China na base da "igualdade" e que apoia a abertura mútua dos dois mercados para, no futuro, fechar um acordo de livre comércio. "Isso seria muito importante para nossas empresas", destacou a chanceler.   

Já quando foi questionada sobre a questão dos direitos humanos no país asiático, ela ressaltou que os debates sobre o tema devem continuar tanto entre o governo e seu povo bem como líderes mundiais.   

O encontro com a chefe de Governo da Alemanha ocorre após Xi Jinping fazer uma viagem de dois dias à Rússia e se reunir com o presidente Vladimir Putin. Também lá, o chinês destacou que as relações entre os dois governos "são as mais fortes" do mundo.   

- Visita ao zoológico: Após o encontro bilateral, Merkel e Jinping tem na agenda uma visita ao zoológico de Berlim. A visita ocorre poucos dias após o local receber dois pandas vindos da China. A partir de amanhã (6), Meng Meng e Jiao Qiang poderão ser vistos pelo público que frequenta o local.   

Em 2012, faleceu o panda Bao Bao, que também foi transferido da China para a Alemanha em 1980. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos