Vaticano proíbe produção de hóstias sem glúten

CIDADE DO VATICANO, 10 JUL (ANSA) - O Vaticano determinou que as hóstias entregues aos fiéis durante as missas não podem ser mais produzidas com pão sem glúten. A medida foi divulgada por meio de uma carta destinada aos bispos, publicada pela Santa Sé no último sábado (8).   

De acordo com o texto escrito pelo cardeal Robert Sarah, líder da Congregação para o Culto Divino e Disciplina dos Sacramentos, mesmo com a restrição, o pão pode ter baixo teor de glúten desde que tenha proteína suficiente no trigo para que o produto possa ser feito sem aditivos.   

Datado de 15 de junho, o documento pede que se vigie "a qualidade do pão e do vinho destinados à Eucaristia e, portanto, aqueles que os preparam", principalmente porque não se opõe ao uso de alimentos geneticamente modificados.   

Segundo o Vaticano, as novas regras são necessárias porque a hóstia, atualmente, é vendida em supermercados e pela internet. O texto ainda afirma que a medida foi criada pelo próprio papa Francisco. Além disso, é destacado que o vinho deve ser natural, feito da uva, apenas "do fruto da videira, puro e íntegro e não misturado com outras substâncias". Os sacerdotes têm que conservá-lo em perfeito estado para que não avinagre. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos